Secex divulga agenda internacional para 2010

A Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) divulgou em seu site a Agenda Internacional com as atividades previstas para 2010. No grupo de atividades, os principais destaques são seis missões comerciais a países como Colômbia, Peru, México, Chile, Canadá, Sudeste Asiático e ao Leste Europeu. As missões contemplarão setores, nos quais o Brasil tem grande potencial exportador. Além disso, será realizado um match-making para os empresários que integrarem as missões do governo.

Reuniões com os principais parceiros comerciais também continuam previstas para o ano que vem, por meio de comissões bilaterais, comitês conjuntos e outros instrumentos de diálogo mantidos com órgãos governamentais de diversos países como Argentina, Bolívia, Paraguai, Chile, Colômbia, México, Peru, Uruguai, África do Sul, e Alemanha, Cingapura, China, Coréia do Sul, França, Índia, Japão, Rússia e Ucrânia.

Ainda estão na lista de ações para 2010, novas parcerias, principalmente, com economias emergentes e com potencial de crescimento do comércio. Em 2009, foi criada a comissão de monitoramento do comércio bilateral Brasil/Venezuela e já existem tratativas com Indonésia e Turquia para instalação de foros semelhantes.

Breve balanço de 2009

Neste ano, foram alcançados alguns resultados importantes como a liberalização de uma quota de açúcar para o Brasil pela Ucrânia, a isenção de tarifa para o óleo de soja na Índia, a assinatura de um Memorando de Cooperação entre o Inmetro e o National Metrology Institute of Japan (NMIJ).

As reuniões bilaterais são importantes instrumentos para a resolução de impasses pontuais. Para se ter uma idéia, em 2009 foram resolvidas diversas pendências que dificultavam ou impediam o fluxo comercial entre o Brasil e outros países. Com as gestões do MDIC nesse foro, foi possível também aumentar a tarifa de importação para produtos lácteos, demanda do setor produtivo nacional.

Já com a Argentina, as reuniões são freqüentes, e envolvem discussões sobre temas apontados pelos dois lados. Com o principal parceiro comercial na América Latina, a Argentina, ainda foram realizadas trocas de informações sobre abertura de investigações antidumping de calçados e pneus chineses, além de várias reuniões setoriais. Outros assuntos que estão presentes na pauta dessas reuniões são temas técnicos como harmonização estatística e exportação de serviços.

Em março deste ano, a Secex realizou uma missão comercial ao Chile, que contou com a participação de outros órgãos do MDIC, Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos (Apex-Brasil), Ministério das Relações Exteriores (MRE) e Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), parcerias que possibilitaram a realização de eventos público-privados e rodadas de negócios.

No mês de setembro, cerca de 30 empresários de setores de alimentos, calçados, carnes, aviação e construção civil participaram de missão à Turquia, Uzbequistão e Cazaquistão, em que foram realizados negócios imediatos de aproximadamente US$ 70 mil, com perspectivas de geração de transações futuras estimadas em mais de US$ 31 milhões, nos 12 meses seguintes. No encontro entre representantes governamentais foram tratados temas como investimentos, promoção de comércio, barreiras sanitárias e fitossanitárias e inovação tecnológica.

Maiores informações:

http://www.desenvolvimento.gov.br/comercio-exterior/agenda.php

fonte: MDIC

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: