Navegação de Longo Curso

março 15, 2009


Por definição, Navegação de Longo Curso é a navegação entre portos brasileiros e portos internacionais. E o transporte marítimo internacional é realizado através deste tipo de navegação. Para cada tipo de carga existe um veículo transportador específico, serviços e características próprias de mercado. Por exemplo: a carga geral é transportada em navios cargueiros que podem ser convencionais (carga fracionada, amarrada ou paletizada) ou porta-containers (carga em container fracionada, amarrada, paletizada e containerizada).

A carga geral por ser heterogênea, devido a sua natureza diversificada, poderá ser submetida a processos de homogeinização através de unidades de carga, conhecida comercialmente também como consolidação de cargas (LCL).

Os principais métodos de unitização de cargas são: amarração, paletização e conteinerização.

O transporte de granéis (navios graneleiros, navios especiais ou navios adequados para esse tipo de transporte) poderá ser feito em navios de carga geral desde que a quantidade de granéis seja acondicionada em container.

Da mesma forma que existem conceitos em Economia tais como: economia de mercado e economia planificada, existe também conceitos peculiares deste mercado de transporte marítimo (compra e venda de fretes internacionais), e são duas: mercado livre de frete e o mercado de frete conferenciado.

E o tipo de serviço oferecido pelo transportador marítimo internacional poderá ser regular ou irregular.

Uma linha regular é conhecida também como “Liners”. São linhas que oferecem um serviço regular conferenciado ou não. A linha irregular é conhecida como “Tramps”. São navios independentes que não fazem parte de nenhuma conferência de frete e não tem linha regular de navegação.

As características do tipo de serviço oferecido dependerá de como o mercado está organizado. E neste caso existem somente dois tipos de organização.

Mercado Livre de Frete: é o mercado em que as tarifas de frete são negociadas diretamente com o armador.

Mercado de Frete Conferenciado: por definição conferência é “um conglomerado de companhias de navegação servindo uma área predeterminada e preestabelecida num acordo básico para manter a uniformidade dos fretes e a continuidade dos serviços. A conferência pode ser resultado de um acordo informal ou também pode ser uma organização com secretariado permanente”.

Pode-se dizer que a conferência é um sindicato de classe peculiar e estranho, pois agrupa armadores visando elevar o lucro e manter a uniformidade dos fretes.

Um grande abraço a todos os leitores.

Fonte: Cobranças Documentarias URC 522 (Rômulo Francisco Vera Del Carpio – 3º Ed.)


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.